Futebol baiano perde uma referência: Hélio Tapioca

  • 10 de junho de 2021
  • FM
  • Eles
  • 5
  • 1154 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
VIABAHIA (Institucional)
PMS (Dengue)
PMS (Coronavírus_Prevenção)
SECOM
JL CONTABILIDADE (novo endereço)
CMS (Coronavírus)

O futebol baiano perdeu uma referência como homem, como  técnico como desportista. Morreu na madrugada desta quinta-feira (10), Hélio Tapíoca, conhecido por revelar vários jogadores para o futebol.

Tapioca, como era conhecido no meio esportivo, sofria de problemas cardíacos, foi internado no Hospital Metropolitano e teve o seu quadro agravado com a Covi-d19.

Hélio Tapioca nasceu no bairro da Ribeira foi técnico das divisões de base do Vitória, depois chegou ao profissional e também teve uma passagem pelo Bahia.

Aos 88 anos, deixa viúva, três filhos, cinco netos e cinco bisnetos. Entre outros jogadores foi o responsável por revelar Hélio Prata e Adson pelo Vitória.

Foi funcionário da Brahma por muitos anos e responsável pelo formação de vários times de futebol de salão daquela empresa. Na opinião de Nilton Mota, Hélio Tapioca foi a maior referência do futebol baiano como descobridor de talentos. Foto: arquivo da família.

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
PMS (Coronavírus_Prevenção)
PMS (Dengue)
SECOM
JL CONTABILIDADE (novo endereço)
CMS (Coronavírus)
LemosPassos
VIABAHIA (Institucional)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

5 Respostas à postagem:

  • Paulo Mesquita

    Descanse em paz Sr. Hélio Tapioca, como torcedor sou testemunha de sua dedicação e contribuição ao Esporte Clube Vitória, no final dos anos 60 e 70.

    • Valdilson José Costa Bacelar

      Sem palavras em referencia ao meu querido amigo q aprendi tanto no futebol como na vida profissional, sua trajetória aqui deixou um legado GRANDE HÉLIO TAPIOCA e que Nosso Senhor Jesus Cristo conforte a todos os q estiveram ao seu lado

  • Roberto Luz

    Grande Tapioca , pessoa educada , inteligente e culta . Adjetivos q hoje são raridades no meio esportivo baiano .

  • sergio porto

    Grande Hélio Tapioca, pessoa e profissional que muito admirava. Sempre muito atencioso com os seus atletas (fui um deles) e generoso. Que vá em paz e meus sentimentos para os familiares.

  • Deixe sua opinião

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *