Copa Davis: decisão ficou para o último jogo

  • 8 de abril de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 76 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

Depois de uma grande vitória da dupla de Marcelo Melo e Marcelo Demoliner, Thiago Monteiro entrou em quadra com a chance de definir o confronto com a Colômbia. Porém, o brasileiro sofreu com a boa atuação de Daniel Galán (257º do ranking), que contou com o apoio do torcedor em Barranquilla, e acabou derrotado por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/3, no quarto jogo da série melhor de cinco.

 

– Não joguei como gostaria, tive alguns problemas estomacais durante a partida. Galán é um jogador muito bom, muda de direção muito bem, a velocidade, saca muito bem, estava muito sólido. Tinha que estar em um dia melhor para ter mais chances – disse Monteiro.

 

Com empate da Colômbia em 2 a 2, o Brasil depende de João Sorgi, que enfrenta Alejandro González na sequência, para voltar à repescagem do Grupo Mundial, em setembro. Quem vencer, avança na Copa Davis, enquanto os derrotados voltam a disputar o Zonal Americano em 2019.

 

 Foto: Divulgação / Federação Colombiana de Tênis

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *